A ISO 9001:2015 e a Gestão de Riscos

A ISO 9001:2015 e a Gestão de Riscos QI Consultoria Certificação ISO

A ISO 9001:2015 e a Gestão de Riscos

Se um funcionário da sua empresa sofre um acidente no ambiente de trabalho, será uma surpresa para você? Se você respondeu SIM, então você ainda não está atendendo os requisitos da ISO 9001:2015! Agora, se você respondeu NÃO, então você também precisa adaptar alguns processos para evitar que o acidente ocorra. Você deve estar se perguntando então.. Afinal, qual a resposta correta? Nenhuma das duas! O correto é que acidentes não ocorram, mas você NUNCA deve considera-lo simplesmente como uma surpresa ou um destino do acaso. Antes de abordar mais o assunto, é preciso definir alguns conceitos. Vamos a eles: - Você sabe a diferença entre risco e perigo? Risco é a possibilidade de um evento acontecer, seja uma ameaça (no sentido negativo) ou uma oportunidade (quando se trata de um retorno positivo). Já o perigo é a condição para que o risco aconteça, embora não seja possível evita-lo. O risco é um acontecimento e está lá, podendo ser registrado a qualquer momento. Portanto, é preciso prevenir, analisar e corrigir sempre os PERIGOS, já que são eles que vão provocar os RISCOS. Como exemplo, o acidente com um funcionário é um risco, mas é necessário tomar todas as prevenções para que nenhum funcionário sofra um acidente. Prevenção, por sinal, é a palavra de ordem quando se fala em Gestão de Riscos. sd-300x225   Agora, voltando à ISO 9001:2015, a reformulação no ambiente corporativo nas empresas, entre eles a elaboração de um plano de Gestão de Riscos, é o principal foco da nova norma. Mais do que apenas pensar em lucros, os gestores agora precisam garantir, antes de tudo, segurança e qualidade nos processos, seja na produção, administrativo ou em qualquer outro setor interno. Portanto, a Gestão de Riscos não se resume à ação de descobrir os possíveis riscos, mas prevê a criação de um ambiente sem PERIGOS. É por isso que esse processo é considerado como um dos principais desafios para as empresas durante a implantação da nova versão da norma. Assim como é preciso identificar os indicadores para aumentar o resultado da sua empresa, também será necessário monitorar criteriosamente todos os processos para encontrar os riscos relevantes. Lembrado que, mesmo depois de implantar a ISO 9001:2015, ou seja, depois de analisar todos os riscos, é FUNDAMENTAL continuar analisando todo o processo de gestão.

Você pode se interessar por:

Solicite um Orçamento!


Preencha nosso formulário e solicite agora mesmo um orçamento com quem é especializado em consultoria empresarial na implantação de certificação ISO para sua empresa.

Localização Campinas - SP
Telefone (19) 99637-2009